segunda-feira, 6 de abril de 2009

A última de Portugal, o Porto

Dia 27 de março

Wow, to indo para o Porto! Foi o que pensei quando estava indo! Uma das cidades que mais gostaria de conhecer em Portugal, claro por todo o mito do vinho e também pela beleza da cidade que já havia visto por fotos, lido histórias e ouvido falar dos meus amigos sobre a cidade! Minha viagem ao Porto foi para um evento da AIESEC Porto FEP. O evento chama-se IRW – International Reception Weekend – espécie de um final de semana para os estagiários de outros países que estão em Portugal pela AIESEC. Confesso que inicialmente fiquei com medo, pois a minha experiência que tive anteriormente num evento deste em Lisboa, foi catastrófica, desorganização na totalidade! Sem adicionar nem pôr!

Fomos de autocarro para Porto, umas oito horas de viagem. E andar de autocarro em Portugal é meio estranho. Geralmente em viagens longas não há casa de banho nos mesmos. Quando há o motorista tem a chave, temos que pedir. E pela primeira vez na minha vida eu fiz conexão de autocarro em viagens!!! Pasmem!

De Albufeira para Lisboa, pouco mais de três horas, fizemos uma parada na estrada, penso que seja total sem sentido, mas enfim. Chegando na estação de autocarros em Lisboa, a mesma que fomos quando fui para a capital, mas desta vez eu reparei numa pequena placa dentro da lanchonete da estação. Digo, foi a Lu quem viu e na hora ela estava com a boca cheia, e o resultado foi engraçado. Eu juro que nunca havia nem pensado que um estabelecimento poderia ter uma placa destas, mas coisas que Portugal podem proporcionar-te!

O evento começava no sábado, mas eu e Luciana, a Marquesa de Pombal, fomos na sexta-feira. Por email pedimos host para alguém da AIESEC que logo nos atenderam e dormimos na casa da Ana, que estava a organizar o evento. Quando ela nos recebeu nos mostrou onde dormiríamos e disse-nos que poderíamos comer algo se tivéssemos fome, foi quando ela abriu o frigorífico (geladeira) e vi um paraíso de doces! Fiquei louco, ela nos disse que era para o evento e disse podem ficar a vontade, só não comem as tartes (tortas)! Quando eu vejo havia uma caixa de mais de um quilo de morangos! Fiquei louco, eu e Lu comemos morangos assistindo LOST! Bué da fixe!

Dia 28 de março

Acordamos e o dia estava ensolarado, porém puro engano, frio do caraças! Casaco e luvas a postos, só faltou o cachecol, pois em Albufeira – cidade dos rosáceos ingleses – está calor. Ah, mas não saímos de casa sem antes comer um pouco dos paraísos dos doces! =D

Conhecemos mais algumas pessoas da AIESEC Porto e fomos para o escritório deles, pois era apenas eu e Lu que chegamos antes. Lá conversamos, trocamos experiências com outros AIESECos, rimos bué, pois contamos um pouco das nossas histórias de micos por causa da diferença lingüística e outras coisas mais. Logo ali já havia percebido que nada daquilo que aconteceu no evento em Lisboa iria se repetir. Este comitê da AIESEC já recebeu dois trainees da AIESEC Vitória.

Almoçamos na universidade e demos início ao evento. E logo em seguida já começou a sessão Strike a pose! Foto oficial inicial! Nem todos ainda estão na foto, mas além de brasileiros, havia gente da Polônia, Rússia, Romênia, Índia, México e Argélia.

Fomos a Sé Catedral, que foi construída nos séculos XII e XIII. O Claustro (que não visitamos) no século XIV. E também seus azulejos decorativos do século XVIII.






Seguindo fomos a Igreja e Torre dos Clérigos. Mas desta vez fomos apenas à torre, que tem 75,60 metros de altura e tem uma vista fantástica da cidade. Obra de Nicolau Nasoni, estilo barroco e rococó, do século XVII. Infelizmente estava ventando muito e o espaço para andar no topo era muito pequeno e não me senti muito confortável e então, por este simples facto não pude aproveitar tanto! É sério! ¬¬

De volta ao chão, ao pé da torre tem um museu de fotografia, que antigamente funcionava como cadeia.

Saímos em direção ao Palácio de Cristal, onde tem bonitos jardins, iríamos fazer um lanche lá. Mas antes paramos numa livraria que para mim, uma das mais bonitas que já entrei, toda de madeira por dentro e com estantes originais. Magnífica.


No lanche, mais doces e também salgados, e onde tem comida e monumentos há também pombas, que Lu adora. Mas em Portugal, em alguns lugares as pombas tentam brigar pelas migalhas com nada menos contra as gaivotas, que são mais que o dobro do tamanho!
Final do dia e Strike a pose! Foto oficial do final do dia 01! E fomos para o hostel para depois jantarmos. Na janta iríamos comer francesinha, uma comida típica do Porto, uma espécia de sanduíche recheado com fiambre, salsichas e tal (típicas de Portugal) com queijo derretido por cima e molho apimentado!


Andamos o dia todo, conversamos e conhecemos pessoas novas e depois do jantar acha que acabou?! Nada! A AIESEC Porto tinha nos preparado um circuito de bares, então que ganhamos um ticket com nome de seis bares e cada um deles nos daria uma shot, uma bebida da região, cada bar uma bebida diferente! A noite estava fria, mas valeu a pena, assim conversamos bem mais com outros trainees! Super giro! Terminamos a noite numa discoteca e dormimos, pois no outro dia, vida de andarilho novamente!

Dia 29 de março

Parece que havia terminado de fechar os olhos e já estavam a bater na porta do quarto para continuar o tour por Porto! Bem, não vim aqui para dormir pois não?!

Depois do pequeno-almoço fomos direto para Vila Nova de Gaia, do outro lado do rio Douro, que separa a cidade Porto de Gaia. Este rio é o que realiza os transportes dos vinhos há muitos anos.



Fomos a duas, das várias, caves de vinhos na cidade são elas a Croft e Offley. Lá nos contam um pouco mais sobre a história de como foi criado a fábrica e também todo o processo do vinho.



Almoçamos num jardim, próximo a praia no Porto. Descansamos e conversamos mais com outros trainees. Já estava cansado demais para fotografias! =P

Fomos para a estação de autocarros de Porto, iríamos ter umas oito horas de viagem até Albufeira, eu, Luciana e Melina estávamos juntos no mesmo veículo. Sentamos nas últimas poltronas do autocarro e lá fomos obrigados a participar de um “programa – Batalha de Ipod’s”. Na poltrona a minha frente havia um rapaz a escutar música tão alto que o outro deve ter ficado com inveja e, à frente de Melina, outro rapaz com música mais alta ainda! Fizemos escala de autocarro novamente – uma coisa que nunca esquecerei – e Luciana continuou no mesmo para ir para Faro. No outro dia, ela contou-me que teve discussão dentro do autocarro, uma brasileira, me desculpe, mas nestas horas eu sinto até vergonha, fez um pequeno escândalo pois havia alguém no seu lugar e ela definitivamente queria sentar naquele assento. Não que ela esteja errada, mas havia necessidade de fazer o que fez... bem foi a marquesa que presenciou tudo... anyway!

Está foi minha última viagem em Portugal. Esta semana estou indo para a Alemanha e de lá partirei para outros países também!

Em breve mais histórias, novos parceiros de viagens... Não terei mais a Marquesa de Pombal para poder implicar e dizer asneiras e nem o Pedro para me fazer ouvir as besteiras que ele sempre fala e faz. Sem Marquesa e sem Coche... mas com certeza sei que ainda ouvirei besteira de ambos! =D

É sempre triste encerrar uma parte de nossa vida, mas isto me mostra também que outro capítulo está para se iniciar! Quem quiser irei compartilhar um pouco aqui... Continuam a conferir!

Até a próxima pessoal!

2 comentários:

Luciana Saraiva disse...

Ai, que giiiiro!
E agora, quem vai debochar de mim? :(
Só pelas pessoas que conheci, meu intercâmbio já valeu. Tenhas certeza de que tu és uma delas! Não tenho dúvidas de que muitas viagens, histórias e risadas ainda virão! Pode deixar que eu vou continuar passando por situações tragi-cômicas para alegrar a vida de vocês, hahahaha.
"Goze a viagem" pelo mundo e mande sempre notícias! Beijão da Marquesa

Lívia disse...

Olá Theo! Faz tempo que escreveu esse post e nem sei se vc acompanha o blog ainda, mas gostaria de dizer que estou indo pra Porto agora em setembro, pela aiesec usp... e fique feliz ao ler sobre suas experiências por lá. Estou ansiosa e nao sei o que esperar.. apenas VOU. Continue escrevendo, acrescenta bastante para quem lê. Se quiser entrar em contato, meu email é liviagallicanero@msn.com
até!
lívia