quarta-feira, 30 de julho de 2008

Domingos Martins - Espírito Santo

Município de Domingos Martins

A região serrana do Espírito Santo se desdobra em paisagens apaixonantes e um clima entre os melhores do mundo. Recentemente foi vencedora do concurso "A Cidade mais Romântica do Brasil", de acordo com site da revista Viaje Aqui. A votação foi realizada através da Internet. Concorreu com 18 outras cidades brasileiras.

No circuito conhecido como Rota do Mar e das Montanhas destaca-se a charmosa Domingos Martins. Um paraíso do ecoturismo com jeito germânico e italiano, construções em estilo enxaimel e alegres tradições preservadas por descendentes de imigrantes.

Compreendida entre as montanhas capixabas e a 42 km da capital do estado, Domingos Martins foi fundada 1847 como Colônia de Santa Isabel, onde se instalaram 39 famílias alemãs. Em 1850, chegaram os pomeranos, da antiga Pomerânia, atual região da Alemanha e Polônia. Finalmente, em 1859, vieram os italianos e, desta misturas de raças e sonhos por uma vida melhor, cresceu e se desenvolveu o local que viria a se transformar no município de Domingos Martins.


Pedra Azul






Localizado no município de Domingos Martins, Pedra Azul fica a 90 km de distância de Vitória.

Pedra Azul é um lugar para ser apreciado sem pressa. A natureza foi generosa com a região, de clima ameno e paisagens exuberantes. Um dos principais atrativos da cidade é o Parque Estadual da Pedra Azul, que foi criado em 1991, para proteger um conjunto de valores naturais, onde se destaca a Pedra do Lagarto, de formação de granito e gnaisse a 1.822 metros de altura, unida à Pedra Azul, que pode ser vista na BR-262. A Pedra do Lagarto, que é o principal cartão postal de Domingos Martins, muda de cor de acordo com a posição do sol. Passeios no Parque precisam ser agendados com, no mínimo 24 horas de antecedência. Informações: (27) 3248-1156

A cidade possui ótima infra-estrutura de hotéis, pousadas e excelentes restaurantes, destaques para a culinária italiana e alemã, café colonial, adega de vinho, produtos caseiros...

A festa de maior destaque em Pedra Azul é a Festa do Morango, que em 2008 está na sua 21ª edição e será realizada nos dias 01, 02 e 03 de Agosto. Terá desfile e eleição da Rainha do Morango, muita música e bastante comida típica e é claro, morango!






A história do morango

Até o ano de 1400, o morango era apenas uma frutinha que nascia espontaneamente nas montanhas européias. Algum tempo depois, horticultores franceses e, posteriormente, ingleses, alemães e italianos começaram a cultivar a planta, melhorando a sua qualidade e o seu tamanho.
Somente a partir do descobrimento da América é que o morango começou a ganhar prestígio entre agricultores e consumidores e a freqüentar os mais requintados cardápios e livros de receitas. No início do século XX, o morango despertou grande interesse comercial. Não há informações precisas sobre o início do cultivo da fruta no País.


O morango capixaba

A cultura do morangueiro no Espírito Santo ocupou em 2007 uma área de 138,5 hectares, com uma produção estimada em 4.100 toneladas, cultivada em mais de 700 propriedades rurais.

A cada ano, a produção tem injetado na economia capixaba uma média de R$ 5 milhões, gerando aproximadamente 2.500 empregos diretos, constituindo-se em um importante fator de distribuição de renda e de fixação do homem no campo. Os principais municípios produtores do Estado são: Santa Maria de Jetibá, Domingos Martins, Castelo, Venda Nova do Imigrante e Afonso Cláudio.

As condições de clima e solo da Região Serrana, a introdução de novos materiais genéticos e a melhoria do nível tecnológico da cultura têm estimulado os produtores capixabas, que estão se adequando para obter uma produção sustentável, baseada nas boas práticas culturais estabelecidas pela Produção Integrada de Frutas (PIF Morango).

Atualmente, uma média de 70% da produção capixaba é vendida para os estados do Nordeste, principalmente Bahia e Pernambuco. Mas a comercialização ainda tem muito para crescer dentro do próprio Estado, principalmente devido ao aumento da demanda pelo morango “in natura”, em decorrência de um melhor controle na qualidade da fruta produzida em terras capixabas.

Propriedades do Morango

O morango é um fruto carnoso, suculento, de sabor levemente ácido, contém várias substâncias essenciais para o organismo, como o potássio, o sódio e o cloro, responsáveis pelo metabolismo e pelo movimento da musculatura cardíaca. É rico em vitamina C, que ajuda a prevenir gripes, proporciona resistência ao organismo contra infecções, auxilia na cicatrização de feridas e na absorção do ferro.

Possui também em quantidades menores, vitamina B5 (Niacina) e ferro. A niacina evita problemas de pele, aparelho digestivo, sistema nervoso. O ferro, por sua vez é um mineral que participa da formação do sangue.

Um comentário:

Memelli disse...

Nada como aproveitar as maravilhas do nosso próprio estado.
E quem diria que uma frutinha tão delicada poderia fazer tão bem a nossa economia e saúde.